Seguidores

Popular Posts

About

Blog dedicado para amantes de leitura. Resumos, Opiniões e Indicações são coisas que não faltam por aqui.
sábado, 15 de novembro de 2014

E MAIS UMA EDIÇÃO DA BIENAL DO LIVRO DE MINAS GERAIS VEIO COM TUDO!!!!

A Bienal do Livro é um evento literário que cativa grande parte das pessoas. Livros baratos (e alguns nem tanto) são objetos de grande valia para os leitores.

Além dos livros com preços em conta, temos também encontros com autores,que sem dúvida são a alma do evento.

Como toda coisa boa vem com suas desvantagens, não seria diferente com a Bienal!

Em minha opinião, faltou guias no evento para orientar os visitantes sobre os locais dos estandes, que são inúmeros e com péssima localização. (Não tem um mapa a vista sobre a localização dos estandes e o nome das "ruas" não é visível, a não ser que você fique andando olhado para o chão, que é lá que você encontra o nome das "ruas" do evento).

Outro ponto negativo é em relação ao lanche. Pagar R$8,00 em uma raspadinha de 300 ml. ou R$ 4,00 em uma empadinha de frango e R$ 3,00 em uma garrafinha de água mineral já é demais. Sem falar na confusão na hora do pagamento das compras feitas em certos estandes.

Pode parecer que não vale a pena ir ao evento, mas não se engane, livros em conta, encontros com autores e bate papo com os mesmos, local cheio (que ao meu ver é admirável, pois o aumento de leitores significa que a leitura não está tão abandonada assim)é um prato cheio para qualquer leitor!


sábado, 28 de junho de 2014
  







O Diário de um Banana


  Autor : Jeff Kinney


  Gregory Heffley (mais conhecido como Greg) é um garoto do sexto ano do ensino fundamental.
 
Ele acredita que um dia será famoso, e que o seu "diário",  na verdade, será um "livro de memórias" que no futuro valerá muito dinheiro pelo fato de que ele será famoso! Mas por enquanto ele ainda está preso no ensino fundamental com uma cambada de débeis!

  Greg mora junto com a mãe, o pai e seus dois irmãos: Ridrick (seu irmão mais velho) e Manny (seu irmão mais novo).

  Seu melhor amigo é seu vizinho Rodley, que é um tanto boboca (para não dizer lesado). Ele tem um outro vizinho (de que não vou dizer o nome para causar uma certa curiosidade, hehehehe), porém ele consegue superar até o Rodley em matéria de "retardadice", (se é que esta palavra existe...).  Mas a questão é, ele é tão estranho que possui uma linguagem própria, (por exemplo: quando ele quer fazer xixi ele diz suco! É isto mesmo,SUCO!)

  Tenho certeza de que vocês vão gostar do livro, que por sinal é muito engraçado mesmo, diria que é de fazer xixi nas calças!

  Espero que tenham gostado!

   Até a próxima!
     




quarta-feira, 25 de junho de 2014

Bem pessoal, depois de ter vazado um teaser de "Jogos Vorazer- A Esperança Parte 1", acabou de sair um vídeo completo onde aparecem Peeta (Josh Hutcherson) e o Presidente Snow (Doland Sutherland) , que fala como Panem é "governada".

O filme vai ser lançado no dia 21 de novembro que conta com a participação da nossa querida e amada Katniss (Jennifer Lawrence), e Gale (Liam Hamsworth).





Não percam, pois em breve, farei uma resenha tripla. Sim, a trilogia JOGOS VORAZES!
segunda-feira, 9 de junho de 2014






Eragon!
O que dizer sobre o livro? Emocionante?! Empolgante?! Eletrizante?! Sim, ele é tudo isso e muito mais!

Se você foi como eu que conheceu Eragon nos filmes repetitivos da  Sessão da Tarde na Rede Globo, esquece tudo aquilo que viu. Aquilo não era nem 1% de Eragon.

Bem, o enredo de Eragon se passa em um reino chamado Alagësia, onde se encontram todo o tipo de seres anões, elfos, humanos, cavaleiros e outras criaturas incríveis (desde boas até as más).  Eragon, um garoto de 16 anos, camponês, que vive com seu tio e seu primo em uma fazenda na cidade de Carvahall, levava uma vida pacata, até que um dia, Eragon vai fazer uma caçada na região da Espinha, onde sua vida mudou por completo.

Após uma grande explosão e clarão, uma pedra grande, azul e lisa aparece no meio da floresta. Pensando o que fazer com ela, Eragon decide vendê-la para os comerciantes da cidade para melhorar um pouco as condições da fazenda. No entanto, nenhum comerciante decide comprá-la, muito menos ao descobrirem que ela veio da Espinha (muitos moradores de Carvahall tem medo daquele lugar sombrio). Não tendo escolha, Eragon decide guardar a pedra consigo. Eis que ao amanhecer a pedra começa a chiar e estalar e dele nasce um pequeno dragão azul, sendo batizado como Saphira. É neste momento que Eragon descobre ser um Cavaleiro de Dragão, um povo que foi exterminado pelo rei tirano Galbatorix.

Tudo parecia correr bem para o jovem cavaleiro, até que um dia, a fazenda onde Eragon vivia foi atacada por criaturas estranhas, o Ra'zac. Forçado a fugir, ele e Saphira  com a ajuda de Brom (um contador de histórias de Carvahall) começa seu treinamento de Cavaleiro, desde aprender sobre a língua antiga, passando nas artes de esgrima, até a magia.

Bem, a história é realmente surpreendente. Me lembra um pouco O Senhor dos Anéis, pois ambas se passam em uma terra antiga, com seres mágicos e uma língua própria. O livro me cativou desde o início e a cada capítulo o enredo foi ficando cada vez mais interessante.  O livro é contado na terceira pessoa (onisciente e onipresente).

O que me deixou impressionado é que o autor Cristopher Paolinini escreveu o livro com apenas 15 anos. O modo como ele escreve é BRILHANTE, cativa o leitor a cada palavra, cada cena de ação, de aprendizado, cada palavra na língua antiga (como ele conseguiu criar isso meu Deus?)

Está aí uma boa indicação para quem curte esse gênero fantasioso em uma terra onde tudo pode acontecer!
domingo, 8 de junho de 2014
 Oi pessoal, eu sou Manuella, a nova autora desse blog.
Fui convidada pelo administrador para fazer uma das coisas que mais gosto: ler livros e resenhar. 

 Espero que gostem dos meus posts!
 Beijos e boas leituras!










Olha eu aqui de novo pessoa!!!
Devido a insistência e desespero de uma semideusa que conheço (que por sinal fui eu quem a iniciou nesse mundo) estou aqui para falar de uma saga que amo: PERCY JACKSON E OS OLIMPIANOS!

Depois de salvar o mundo no livro anterior e descobrir sobre sua ancestralidade divina, Percy, agora com 13 anos, volta para casa para iniciar mais um ano letivo. O que ele não espera é que coisas muito piores estão vir para acontecer. (Vida de semideus não é fácil)

Após uma batalha nada convencional na nova escola de Percy, ele é levado para o acampamento juntamente com Tyson, por ninguém menos que nossa filha de Atena favorita, Annabeth Chase, pois um mal foi lançado ao acampamento: a árvore de Thalia foi envenenada, e a única salvação é encontrar o Velocino de Ouro, em que suspeita-se que ele está localizado em alguma ilha no Mar de Monstros (atual Triangulo das Bermudas).

Cabe agora a Percy, Tyson, Annabeth e Clarisse (Filha de Ares) encontrar o Velocino, enfrentando monstros nunca antes vistos, que só são encontrados no temível Mar de Monstros!

Como sempre, Rick Riordan no surpreende com sua escrita mitológica e irônica. O livro como seu antecessor é repleto de luta e momentos engraçadíssimo que só encontramos em Percy Jackson.

Hora de matar as saudades do acampamento, do Cabeça de Alga e da nossa garota Sabe Tudo!



sábado, 7 de junho de 2014









O que você faria se descobrisse que Aliens realmente existissem? E que eles estão aqui no nosso planeta? Vivendo conosco, escondidos?

Em Eu sou o Número Quatro, descobrimos da existência de Aliens e de um planeta parecido com o nosso, mas avançadíssimo em tecnologia chamado de Lorien. O problema é que o planeta foi dizimado por uma raça que ama a guerra, os Mogadorianos e a única esperança são 9 crianças (membros da Garde), que conseguiram fugir do planeta e vir para a Terra juntamente com seus Cêpans (os guardiões e orientadores da Garde).

Chegando aqui a Garde foi separada junto com seus Cêpans, e agora eles vem tentando sobreviver. Eis que os Mogadorianos descobrem sobre a fuga e tentam eliminar os membros da Garde, que só podem ser mortos na ordem numérica (Sim, seus nomes são números). Número Um foi morto na Malásia, o Número Dois assassinado na Inglaterra, o Número Três perseguido e capturado no Quênia. O Número Quatro é o próximo. 
Ao sentir uma dor familiar no tornozelo, o Número Quatro (conhecido aqui na Terra como John Smith) sabe sobre a morte do Três, e seu Cêpan Henri, fugindo dos Mogadorianos já tem um destino , Paradise em Ohio.

Essa é a descrição do livro, e ele me rendeu uma ÓTIMA HISTÓRIA!!!! É empolgante, envolvente e a cada capítulo (principalmente os que envolvem ação ou investigação) te deixa mais ansioso e com a adrenalina a mil!

O livro é narrado pelo ponto de vista de John, ou seja, na primeira pessoa e no presente, e conhecemos os personagens ao desenrolar da história. O interessante é que mesmo se o personagem não tem um papel importante na história ele é essencial para o final.

O autor do livro é Pittacus Lore (o interessante é que ele é narrado no livro como um dos anciãos que viviam em Lorien). Ele fica escondido na orelha do livro, pois ele narra o que acontece aqui na Terra e nunca revela seu rosto com receio de ser reconhecido pelos Mogadorianos. Mas como sou muito curioso, fiz uma pesquisa no "pai dos burros" Google, e descobri que os autores são James Frey e Jobie Hughes, e que Pttacus Lore é somente um pseudônimo.
Existe o filme de Eu Sou o Número Quatro. Até gostei do fime, embora algumas cenas não sejam tão fiéis ao livro, mas em sua maioria é!!

Recomendo esse livro para aqueles que gostam de uma boa ficção e que gosta de cenas de ação!